Um perfil dos que têm deficiência Destaque

Quase metade dos pernambucanos que têm algum tipo de deficiência não têm suas necessidades atendidas. Essa é a queixa de 40,5% das 1.753 pessoas com deficiências incluídas no primeiro Levantamento do Perfil Epidemiológico da Pessoa com Deficiência, realizado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). As principais reclamações são referentes à necessidade de intervenção ambulatorial (53,1%), laboratorial ou cirúrgica (26%), de órteses, próteses ou aparelhos (12,4%) e de medicamentos (7,5%).


"Essas pessoas alegam não receber tratamento adequado para todas as necessidades que sentem. Precisamos trabalhar nessa área, viabilizando o acesso tanto físico quanto à informação e capacitando os profissionais para que eles saibam lidar com esse público", analisou a coordenadora de atenção à saúde da pessoa com deficiência da SES, Arabela Velloso. Problemas sentidos, principalmente, por aqueles que têm deficiência auditiva (45,3%) e mental (45,2%), seguidos por pessoas que apresentam deficiência visual (43%), múltipla (38,9%) e, por fim, física (35,4%).

Os dados foram extraídos de questionários aplicados em 4,4 mil domicílios, escolhidos aleatoriamente em todo o estado. Com o resultado das análises, os pesquisadores verificaram que 10,1% da amostra pesquisada (17.391 indivíduos) são pessoas com alguma deficiência. O que permitiu concluir que houve uma redução da proporção de deficientes no estado, que era de 17%, segundo o Censo do IBGE de 2000.

A pesquisa também permitiu traçar um perfil da pessoa com deficiência no estado. A deficiência mais prevalente é a visual (32,1%), seguida pela física (24,9%) e pela auditiva (24,8%). As mulheres são maioria no geral e no subgrupo dos indivíduos com deficiência visual (66,1%). Mais de 60% das 1.753 pessoas que participaram da pesquisa pertencem às classes sociais D e E. E a maior parcela (48,9%) tem entre 20 e 59 anos, seguida pela formada por pessoas com 60 anos ou mais (34,6%).

Segundo Arabela Velloso, "é durante a juventude que as pessoas adquirem com mais frequência algum tipo dedeficiência, o que justifica o fato de o número de pessoas, entre 20 e 60 anos, ser quase três vezes maior do que na faixa etária entre zero e 20 anos". A conclusão da coordenadora de atenção à saúde da pessoa com deficiência da SES é baseada nos dados que mostram que a maioria dos pernambucanos com deficiências visuais, auditivas ou físicas adquirem a nova condição ao longo da vida, como consequência de doenças, acidentes ou violências, por exemplo. A exceção fica por conta da deficiência intelectual que, em geral, é congênita (o indivíduo já nasce com ela) ou tem causa desconhecida.

A deficiência física de Elaine Paz Rodrigues é fruto de uma distrofia muscular causada por uma doença degenerativa. Os sintomas começaram a surgir quando ela tinha 8 anos. Aos 12, não conseguia mais andar. Hoje se locomove com a ajuda de uma cadeira de rodas. Elaine tem 28 anos e é tetraplégica. Ela se enquadra no percentual de pessoas com deficiência que luta para ter suas necessidades básicas atendidas. No caso dela, a batalha é por acesso a fisioterapia e a terapia ocupacional. Mas mais que isso, ela trava uma guerra diária contra um inimigo não-paupável, mas velho conhecido de muitas pessoas com deficiência: o preconceito. "Temos a mesma capacidade das outras pessoas", disse Elaine, que tem uma filha de 12 anos.

Saiba mais

Portadores de deficiência é quem tem impedimentos de natureza física, mental, intelectual ou sensorial permanentes, que, devido a barreiras diversas, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade

Por dentro da pesquisa

4,4 mil domicílios pesquisados

17.391 foi o universo total de pessoas incluídas no estudo

Dessas, 1.753 tinham algum tipo de deficiência. Além deles, 4 era pessoas ostomizadas com drenagem de urina e 7 eram casos de nanismos

Proporção de deficiências

32,1% visual
24,9% física
24,8% auditiva
17,4% mental
0,6% múltipla

Idade

48,9% - 20 a 59 anos
34,6% - 60 anos ou mais
10,4% - 10 a 19 anos
6,1% - 0 a 9 anos

Sexo

53,5% - feminino
46,5% - masculino

As mulheres são maioria em:

deficiência visual - 66,1%

Os homens são maioria em:

deficiência física - 51,1%
deficiência múltipla - 66,7%
mental - 57,4%
auditiva - 50,7%

Classe social

63,4% - D e E
32,5% - C
3,9% - A e B

Fonte: Secretaria Estadual de Saúde

 

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixar seu comentário

Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
Anexos (0 / 3)
Share Your Location

Usuário conectado

Temos 74 visitantes e Nenhum membro online


Notice: Undefined index: nsp_pre_text in /home/pcd/public_html/modules/mod_news_pro_gk5/tmpl/default.php on line 27

Gestão de Pessoas com Def…

A “Lei de Cotas” determina a obrigatoriedade da contratação de 2 a 5% de pessoas portadoras de deficiências por empresas com mais de 100 funcionários. No entanto, a lei e...

Inscrição no Projeto prim…

Matrículas abertas:De 31 de janeiro até o dia 06 de fevereiro de 2007.População Alvo:Jovens de 16 a 24 anos, cursando da 8ª serie do ensino fundamental ao 3º ano do...

Livro ensina como adaptar…

  A engenheira civil Ana Lúcia Saad lançou recentemente um livro de apoio para adaptações e construção de edificações acessíveis. “Acessibilidade: Guia Prático para o Projeto de Adaptações e de Novas...

Serviço de Inclusão e Ace…

Para atender a demanda de usuários com deficiência visual e baixa visão, foi inaugurado no dia 22 de novembro o Serviço de Inclusão e Acessibilidade à Informação (SIAI) na Biblioteca...

CORDE e a audiodescrição

A Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, por intermédio da CORDE – Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência, em cumprimento ao Art 56 do...

Dani Alves vira embaixado…

  O lateral brasileiro Daniel Alves é o mais novo embaixador da Special Olympics, entidade sem fins lucrativos que organiza os Jogos Olímpicos para pessoas com deficiências intelectuais. O atleta do...

Profissionais da Saúde fa…

O Programa de Atenção ao Portador de Deficiência (PAPD) do município continua realizando o 12º curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), direcionado aos profissionais de saúde. A iniciativa tem...

Cemar cobra cumprimento d…

O vereador Cemar Arnal (PDT) cobrou durante a sessão de segunda-feira (16) da Câmara Municipal, informações sobre as adequações dos ônibus de transporte coletivo visando à acessibilidade aos portadores de...

VAGAS PARA PESSOAS COM DE…

Estamos recrutando para um banco nacional de grande porte AGENTES COMERCIAIS e CAIXA - Requisitos: 2º Grau completo ou Superior Horário de trabalho - Das 10h00 às 16h00; Solicitamos aos interessados encaminhar currículo para:

Encontro pretende valoriz…

II Encontro Municipal de Mulheres com Deficiência integra XV Semana Municipal da Mulher ; no evento vão ocorrer palestras, oficina e dinâmicas motivacionaisTratar do dia-a-dia e dos desafios da mulher...


Notice: Undefined index: nsp_post_text in /home/pcd/public_html/modules/mod_news_pro_gk5/tmpl/default.php on line 165

Comentários

Achei fraco. Informacoes sobre a deficiencia, cade? E CID?
em EasyBlog 04-11-2014 02:23
Olá amigos, Alguém poderia me informar se a isenção do ICMS para PcD não condutor vale para tod...
em EasyBlog 05-05-2012 17:16
Prezados amigos (as), É com enorme satisfação que quero compartilhar com vocês o documentário ...
em EasyBlog 20-04-2012 21:33
esta lei e horrivel colocam a gente para trabalhar em areas que não podemos depois tratam a gente ...
em EasyBlog 28-03-2012 19:42
Ficou sem dizer que o Governador vetou o projeto que isentava impostos para a compra de carros para ...
em EasyBlog 13-02-2012 13:11

Últimos foruns

  • Não há postagem a mostrar
Topo