Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O portador de deficiência física motora é um dos cidadãos mais penalizados pela falta de acessibilidade ao espaço urbano edificado. Para discutir esse assunto, a Assembleia Legislativa realiza, na próxima quinta-feira (10), a partir das 9 horas, no Auditório Milton Figueiredo, audiência pública.

De acordo com a deputada Chica Nunes (DEM), autora do requerimento solicitando o debate, o acesso por parte do portador de deficiência é muito restrito. Por isso, o encontro vai tratar da acessibilidade como condição à utilização com segurança e autonomia dos espaços mobiliários.

“Não podemos deixar a mercê um segmento importante a todos os setores da sociedade. Nesse encontro vamos discutir as políticas públicas responsáveis pelos serviços de transporte, das engenharias arquitetônicas e ainda dos sistemas e meios de comunicação e informação às pessoas com deficiência”, disse Chica Nunes.

Para a audiência pública, de acordo com a assessoria da parlamentar, já confirmaram presença representantes do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência Conade/Brasília e do Instituto Brasileiro das Pessoas com Deficiência – IBPD/Rio de Janeiro, respectivamente Shirley Vilhalva e Priscila Selares.

Aqui de Mato Grosso, o convite foi estendido ao Ministério Público Estadual, à Secretaria de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Mato Grosso (Crea/MT), à UFMT, à Unic, à Univag e à Unemat.

Em abril deste ano, o Governo do Estado aprovou um projeto de resolução da deputada Chica Nunes que institui 2010 como o ano da acessibilidade na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. A lei foi publicada no Diário Oficial do último dia 10 de abril.

A resolução define que as Secretarias de Administração e Patrimônio, e a de Gestão de Pessoas, com o apoio da Superintendência de Planejamento Estratégico e a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) vão elaborar um projeto contendo o cronograma de ações a esse segmento da sociedade.

Comentários (0)

Classificado 0 em 5 com base em 0 votos
Ainda não há comentários publicados aqui

Deixe seus comentários

  1. Publicar comentário como convidado.
Rate this post:
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhe sua localização
Digite o texto apresentado na imagem abaixo