Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O projeto é uma parceria entre uma clinica de fisioterapia e empresas.Os alunos estão mostrando bons resultados com as aulas.

Especialistas afirmam que a equoterapia é um método terapêutico e educacional que traz benefícios a portadores de deficiência física utilizando o cavalo de forma interdisciplinar nas áreas da saúde, educação e equitação. Segundo a fisioterapeuta, Gabriela Galetti, o uso da técnica em tratamento de pessoas com deficiência ajuda a desenvolver o equilíbrio e fortalecimento da musculatura dos pacientes com o auxílio de uma equipe profissional.

Ainda de acordo a especialista, a utilização do cavalo proporciona um movimento tridimensional, semelhante ao do homem quando caminha. “Enquanto a pessoa está montando, o cérebro está em constante atividade para realizar os ajustes posturais, motores e respiratórios".

Uma sessão de equoterapia custa em torno de 70 reais. Um paciente precisa no mínimo, quatro sessões por mês. Só que tem gente que não tem condições de pagar o tratamento. Uma clínica particular de Itapetininga, no interior de São Paulo, que está fazendo parcerias com empresas da cidade para que elas adotem alguns pacientes.
Para as empresas, a sessão custa cerca de 25 reais. Em um ano, 20 empresas e pessoas físicas já aderiram ao projeto de adoção. “E todas as pessoas que são nossos pacientes por meio desse projeto, já estão mostrando bons resultados. Graças a esse incentivo”, fala o fisioterapeuta, Wedney André Prestes Prado.

Em 25 minutos o paciente, junto com dois ou mais profissionais, passa por obstáculos e faz exercícios de equilíbrio. “Trabalhamos os músculos da cavidade oral, da laringe e também na respiração” completa Gabriela.

A equoterapia além de contribuir para o aumento da força muscular, provoca relaxamento, conscientização do próprio corpo, aperfeiçoamento da coordenação motora, equilíbrio e, conseqüentemente, melhora a autoestima.

A dona de casa, Tânia Regina, afirma que a evolução do seu filho é uma prova de que o animal contribuiu bastante para o bom resultado. “O Pedro vem mostrando a cada mês que realmente a terapia que ele está fazendo com os cavalos vale a pena”, fala a mãe.

Fonte: G1-Itapetininga

Comentários (0)

Classificado 0 em 5 com base em 0 votos
Ainda não há comentários publicados aqui

Deixe seus comentários

  1. Publicar comentário como convidado.
Rate this post:
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhe sua localização
Digite o texto apresentado na imagem abaixo