Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O Parque do Ibirapuera, no mês das crianças, inaugurou um playground Inclusivo, com rampas de inclinação suave, inscrições em braile, piso tátil e suportes aéreos ao alcance de crianças sentadas em cadeira de rodas. O espaço propõe brincadeiras que misturam equilíbrio, força e estímulos sensoriais na medida exata para que crianças cadeirantes, cegas, surdas, com deficiência intelectual ou múltipla possam divertir-se com o máximo de autonomia.

 

 

Já o Parque Vila Guilherme, conhecido também como Parque Trote, tem pistas de caminhadas totalmente acessíveis, contando principalmente com corrimão. Além disso, dentro do parque não há desníveis e o piso tátil facilita a locomoção de cadeirantes e pessoas com deficiência visual, respectivamente. Também dentro desse parque é possível passear pela Trilha dos Sentidos, um jardim com plantas aromáticas e flores de diversas texturas, espaço interessante para o passa-tempo da pessoa com deficiência visual.

Dentro de outro parque, o Villa Lobos, existe a Trilha Acessível, dentro do Circuito das Árvores, uma passarela elevada que chega até 3,5 metros de altura e tem uma extensão de 120m, possibilitando a observação da fauna e flora de bosques do Parque, totalmente acessível. Além disso, o parque está dotado de banheiros acessíveis, rampas, telefones para surdos, mapas táteis e marcações padronizadas no solo, para os cegos, além de disponibilziar cadeira de rodas aos usuários. A acessibilidade no parque Villa Lobos foi implementada pelo então diretor, Flávio Werner Scavasin, atual coordenador da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Comentários (0)

Classificado 0 em 5 com base em 0 votos
Ainda não há comentários publicados aqui

Deixe seus comentários

  1. Publicar comentário como convidado.
Rate this post:
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhe sua localização
Digite o texto apresentado na imagem abaixo